Histórias da Família...

Nascido no dia 19/01/1916 em Florianópolis, Estado de Santa Catarina filho de imigrantes italianos oriundos da província de Modena, Comune de San Felice Sul Panaro, Eligio Angelo Giuseppe Malagoli e Emma Giraldelli sendo os avós paternos Carlos Malagoli e Maria Luigia Baraldi e maternos Steffano Giraldelli e Maria Pessinatti.

     Casou-se 3 vezes e nos três casamentos teve 8 filhos.

Com Maria Diamantina, esposa do primeiro casamento, teve três filhos: Neuza, Ivone e Valdemir.

Do segundo casamento com Nice, teve dois filhos: Iolanda e Orlando Malagoli.

Iolanda casou-se com Jonas e Orlando Malagoli casou-se e teve uma única filha chamada Márcia.

Orlando Malagoli faleceu muito jovem acometido por um mal súbito.

Em seu terceiro casamento, Sebastião casou-se com outra Maria e com ela teve três filhos: Maria Aparecida, Sebastião Malagoli Junior e Rita de Cássia Malagoli.

     Era acima de tudo muito honesto, qualidade da qual jamais abriu mão.

Fisicamente era de estatura alta e personalidade forte, traço marcante dos Malagoli. Tinha muitos amigos e adorava jogar dominó. Tinha por hábito usar só camisas sociais brancas, adorava batatas fritas e sua fruta predileta era o abacaxi.

     Como profissões pouco se sabe, porém, trabalhou em circos e também como pintor no DOP, Departamento de Obras Públicas de Florianópolis, realizando obras em grandes edificações como igrejas e museus.

     Infelizmente Sebastião não teve uma vida muito longa. Muito doente, passou boa parte dos seus últimos meses de vida em hospitais e aos 62 anos faleceu.

     Hoje os seus descendentes residem nos estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Sua filha caçula, Rita de Cássia hoje casada com Flávio Marinho tem um filho que se chama Leonardo Malagoli Marinho nascido em 27/04/1999 e foi quem narrou esta pequena história sobre seu pai. Mesmo convivendo pouco com o seu pai por ser a caçula e ter ficado orfã aos 9 anos de idade Rita de Cássia mantém viva em sua memória os pequenos detalhes e curiosidades sobre o seu pai e espera que esta historia aqui contada contribua para que os netos e bisnetos nunca se esqueçam deste filho de imigrantes italianos chamado Sebastião Malagoli.