TROCANDO OS CAPTADORES


IMG_20140919_162911.jpg

No começo da abertura de mercado nosso país foi invadido por uma enorme quantidade de marcas diferentes de guitarra, algumas tradicionais de qualidade indiscutível, outras oriundas da Ásia, com qualidade questionável.


O fato é que com o passar dos anos os instrumentos fabricados na região evoluíram e hoje representam uma relação custo x beneficio interessante, já que oferecem um bom acabamento e tocabilidade. Além disso, a madeira utilizada também mudou para melhor. Porém o que falta para estas guitarras soarem iguais (ou melhores) que as guitarras mais caras?


Existem várias modificações a se fazer para melhorar estas guitarras, como trocar tarraxas e trêmulos, porém em termos sonoros nenhuma alteração será tão significativa quanto a troca dos captadores. Eles são a alma do instrumento, pois são os responsáveis em captar o som e envia-lo ao amplificador.


Como a madeira do corpo e da escala além do formato da guitarra também influenciam no timbre, o resultado sonoro final será a interação de todos estes itens, interpretado pelos pickups.


Com os captadores, você pode atenuar ou ressaltar as frequências que desejar em seu instrumento, ou mudar completamente o timbre, para ficar mais ajustado ao seu estilo.


Mas a grande questão é:


Como escolher os captadores?


Não basta pensar nos mais populares ou escolher pelo visual. Deve-se levar em conta a sua guitarra e, acima de tudo, o seu gosto pessoal.


Por isso, antes de mais nada, responda à pergunta:


O que você vai tocar?


Parece óbvio, mas muitas vezes as pessoas compram os captadores que estão disponíveis em determinada loja ou que foram indicados por terceiros que nem possuem o mesmo gosto musical.


A busca deve começar pelo seu estilo, por suas referências sonoras...


Como existem vários tipos de captadores, como Humbuckers, Singles, P90, etc, deve-se levar em conta também a guitarra a ser modificada, para saber qual é o tipo de captador que você precisa.


Ou seja, qual é o pickup mais indicado para a sua guitarra, para lhe proporcionar o timbre que procura.


Se sua guitarra é uma Les Paul, por exemplo, sua escolha deve ser por modelos de humbucker. Um captador P90 não se encaixa em uma Les Paul originalmente montada com humbuckers. Neste caso uma opção seriam os P90 em formato de humbucker, como o Fat boy da Malagoli.


Guitarras com captadores single-coil permitem a instalação de humbuckers em formato de single (como o Hot Rails, Hot Blade ou o 59 Rails), stacks (humbuckers com bobinas sobrepostas como os Noiseless da Fender, M.designed Vintage e Hot Stack, etc) ou os single-coil propriamente ditos.


Muitas guitarras modelo strato hoje em dia já possuem furação universal no corpo, que trata-se de uma abertura só, o que permite a instalação de qualquer tipo de captador, até mesmo humbuckers tamanho convencio